• Vistos:

– Visto para reformados ou pessoas que vivam de rendimentos próprios;

– Visto para exercício de atividade profissional subordinada;

– Visto para exercício de atividade profissional independente;

  • Autorizações de residência temporária:

– Autorização de residência geral;

– Autorização de residência para exercício de atividade profissional subordinada;

– Autorização de residência para exercício de atividade profissional independente ou para imigrantes empreendedores;

– Autorização de residência para atividade de docência, altamente qualificada ou cultural;

Autorização de residência para atividade de investimento (Golden Visa);

-Autorização de residência para estudantes do ensino superior.

  • Reagrupamento Familiar:

– O cidadão com autorização de residência válida tem direito ao reagrupamento familiar com os membros da família que se encontrem fora do território nacional, que com ele tenham vivido noutro país, que dele dependam ou que com ele coabitem, independentemente de os laços familiares serem anteriores ou posteriores à entrada do residente.

  • Certificado de Cidadão da União Europeia:

– O certificado do registo de cidadão da União Europeia deve ser solicitado por qualquer cidadão da União Europeia, Islândia, Liechtenstein, Noruega, Andorra e Suíça que pretenda permanecer em Portugal por um período superior a três meses;

– Os pedidos referentes ao certificado de cidadão da União Europeia podem ser solicitados por cidadãos dos seguintes países:
Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polónia, Portugal, República Checa, Reino Unido, Roménia, Suécia, Islândia, Liechtenstein, Noruega, Andorra e Suíça.

– O certificado tem um custo de €15.